Veja o resumo com tudo de mais relevante que aconteceu nesta semana no mercado.

O mercado de ações no Brasil continua bastante volátil, com investidores acompanhando temas como aprovação do texto da reforma do Imposto de Renda na Câmara dos Deputados, crise hídrica, aumento do custo da energia elétrica, inflação persistente, eventos do 7 de setembro e derrotas do governo no Senado na “minirreforma trabalhista” e custeio do plano de saúde das estatais.

Os principais temas que marcaram a semana foram: questões relacionadas à Febraban com a Caixa Econômica e o Banco do Brasil, situações referentes à CPI da Covid, vacinação e passaporte da vacina e todas as questões relacionadas com orçamento e precatórios. 

No radar estão em destaque os assuntos referentes à reforma do IR: diminuição da taxação de dividendos de 20% para 15%, que levou o Ibovespa a cair mais de 2% na quinta-feira.

No cenário internacional, o mercado acompanha dados dos Estados Unidos sobre emprego e inflação, na expectativa de pistas a respeito da redução do programa de compras de ativos adotada pelo governo. Os dados ainda seguem bastante indefinidos, principalmente após a divulgação do payroll com número de criação de 235 mil empregos, bem abaixo do esperado que era de 733 mil.

Carteira Semanal

Em 12 Meses, a Carteira apresenta uma valorização de 42,94% ante o Ibovespa com alta de 14,49%.
Post_recomendação_Semanal_03_09Notícias importantes da semana

  • A reforma do IR passou na Câmara com apenas um destaque aprovado: a redução da cobrança do dividendo de 20% para 15%. O texto, que segue para o Senado, deve apresentar maior resistência de aprovação e interesse de mesclá-lo a uma proposta de reforma tributária mais ampla.

  • Ministro de Minas e Energia pediu para que a população faça esforço inadiável para reduzir o consumo de eletricidade.

  •  Houve aumento da bandeira tarifária de energia elétrica, subindo a taxa de R$ 9,49 para R$ 14,20 até abril de 2022.

  • Bolsonaro afirmou que começará a trabalhar na redução do preço dos combustíveis. Contudo, a medida teria que ser na mudança do ICMS, uma vez que aumento também vem do preço do petróleo e real desvalorizado frente ao dólar.

     

  • Arthur Lira informou que relatório da reforma administrativa será lido na comissão especial da Casa e que a votação do texto deverá ocorrer entre os dias 14 e 15 de setembro.

     

  • Governo Federal formalizou a rescisão unilateral do contrato com a Precisa Medicamentos e com o laboratório indiano Bharat Biotech para compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin contra Covid.

  • Na CPI da Covid, o ministro do Trabalho Onyx Lorenzoni e o empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, podem ser chamados para depor após declarações do motoboy Ivanildo da Silva, que trabalha para a VTCLog, empresa com contratos com o Ministério da Saúde.

  • Documentos obtidos pela CPI mostram que Jair Renan Bolsonaro abriu uma empresa de eventos com a ajuda de Ribeiro, que é apontado como suposto lobista da Precisa Medicamentos.

     

  • Cientistas detectaram nova variante do Coronavírus na África do Sul, a C.1.2. Embora tenha sido descoberta em maio, ainda não se sabe se ela seria mais transmissível e se as vacinas seriam eficazes contra ela, uma vez que essa variante contém diversas mutações.

     

  • Passaporte da vacina em São Paulo passa a valer apenas para eventos.

  • Fiocruz informou que ficará 2 semanas sem entregar doses da vacina contra Covid ao Ministério da Saúde por conta de atraso na chegada de insumos.

  • Em entrevista, Bolsonaro afirmou estar preocupado com o governo de Biden e sua “obsessão para a questão ambiental”, informando que sofre ataques o tempo todo de países europeus por questões ambientais. Segundo o presidente, o Brasil é o país que mais preserva o meio ambiente.

  • Ex-assessor de Flávio Bolsonaro informou que era obrigado a devolver 80% de seu salário, férias, 13º, vale-refeição e restituição do imposto de renda, fornecendo indícios de suposta “rachadinhas” entre a família Bolsonaro.

  • Bolsonaro sancionou lei que permite o Poder Público a determinar o licenciamento compulsório de patentes de vacinas e medicamentos para fazer frente a situações de emergência de saúde pública.

Quer receber a Carteira em seu e-mail?

Para receber a carteira semanal e outras carteiras recomendadas em primeira mão, abra sua conta na Terra Investimentos sem nenhum custo. Para saber como funciona a Carteira Semanal, aqui neste link tem mais informações. Se tiver alguma dúvida, é só escrever nos comentários. Conte conosco!

#VamosJuntos

Disclaimer

  • Rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros.
  • A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos.
  • O investimento em ações não é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito).


Graduado em Estatística pela Unesp (Universidade Estadual Paulista), Régis Chinchila é Analista de Investimentos da Terra desde 2015, sendo responsável por diversas Carteiras Recomendadas (entre elas, a famosa Carteira Semanal de Ações). Atua no mercado financeiro desde 2001 com experiência profissional em consultorias financeiras e corretoras de valores. Possui certificação CNPI desde 2005 pela APIMEC/CVM.

Comentários

Posts Relacionados

Terra Investimentos

Sobre a Terra Investimentos

Com duas décadas de história, a Terra Investimentos conquistou a liderança no mercado agro e expandiu sua atuação no mercado financeiro e de capitais.

Atuamos na intermediação, negociação, originação e distribuição de produtos de renda fixa, renda variável, títulos públicos e privados, fundos de investimentos, derivativos, serviços fiduciários, assessoria de investimento, câmbio, seguros e previdência, HFT (High Frequency Trading), entre outros voltados a pessoas físicas e clientes institucionais.