Confira recomendações e análises vigentes a partir de 26/03/2021.

O Ibovespa registrou uma semana de alta volatilidade no mercado de ações com cenário brasileiro impactado pelas notícias de crescimento dos números de casos e óbitos pela Covid-19, superando a marca de 300 mil vidas.

Entretanto, algumas notícias foram positivas a exemplo da posse do Dr. Marcelo Queiroga no Ministério da Saúde, mostrando uma visão mais propositiva ao combate do vírus e revisões de protocolos de tratamento para as variantes, além da expectativa para os próximos dias de atingir 1 milhão de vacinas ao dia.

Outro ponto importante foi a mudança no discurso do presidente Jair Bolsonaro contra a pandemia e a reunião entre líderes dos Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), que passaram uma ideia de unificação e soluções ao combate dos impactos da crise sanitária na esfera econômica e social.

No Congresso, o Orçamento 2021 foi aprovado com meta fiscal de déficit primário de R$ 247,1 bilhões, segundo fontes, gerando críticas da equipe econômica. Paulo Guedes teria alertado o presidente Bolsonaro que o Orçamento foi aprovado com manobras para furar o teto de gastos, regra que impede que as despesas da União cresçam acima da inflação do ano anterior.

No cenário internacional, o destaque ficou por conta do discurso do presidente norte-americano, Joe Biden - que comemorou o cumprimento da meta de vacinação da Covid-19 antes do prazo e dobrou a meta para o curto prazo -, bem como do discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Jerome Powell, que voltou a dizer que os estímulos monetários só serão reduzidos com a recuperação total da economia.

Além disso, países europeus como França, Alemanha e Holanda continuam impondo restrições e isolamento à população no combate ao coronavírus.

Carteira Semanal

No acumulado dos últimos 12 meses, a Carteira Semanal Top 5 Terra apresenta valorização de 119,78%* ante o Ibovespa com alta de 51,76%.

Para a próxima semana, nossa carteira segue sem alterações. Lembramos que as alterações somente são feitas quando a ação atinge preço alvo ou quando surgem outras oportunidades mais estratégicas.

Post_recomendação_Semanal_26_03

Notícias importantes da semana

  • Número de mortos no país cresce a cada dia, obtendo 25º recorde seguido na média móvel de mortes por covid em 7 dias na terça-feira.

  • Novo recorde de óbitos em 24h foi atingido na segunda, com 3.158 mortes. País já passa dos 300 mil óbitos desde o início da pandemia.

  • Itamaraty informa que está em tratativa com o governo dos EUA para viabilizar importação das vacinas excedentes disponíveis no Estados Unidos.

  •  Instituto Serum da Índia informou que atrasará a entrega de doses do imunizante AstraZeneca para Brasil, Marrocos e Arábia Saudita.

  • Paulo Guedes afirma que a melhor política fiscal é a vacinação em massa.

  • Bolsonaro comemorou seus 66 anos em meio à aglomeração com seus apoiadores e informou que Forças Armadas estão prontas para agir pela democracia e liberdade.

  • Grupo de mais de 200 economistas assinam carta aberta pedindo medidas efetivas de combate à pandemia e será enviada aos líderes dos três poderes.

  • Em fevereiro, arrecadação federal de impostos cresceu 4,3% em relação ao mês anterior, somando R$ 127,7 bilhões - melhor resultado desde o início da série, em 2000. No bimestre foram recolhidos R$ 308 bilhões.

  • Bolsonaro afirma em discurso que 2021 será o ano da vacinação dos brasileiros contra a covid.

  • Fiocruz emite boletim alertando sobre alteração das variantes presentes no Brasil e sugerindo restrição das atividades por 14 dias.

  • Equipe econômica trabalha com a possibilidade de novo decreto de calamidade, uma vez que auxílio emergencial pode não ser suficiente.

  • Butantan terá vacina própria, a Butanvac e previsão são de 40 milhões de doses até o final do ano, possivelmente com dose única, assim como a vacina da gripe.

  • Ontem (25/3), país teve recorde no número de vacinados em 24h com 685 mil novos vacinados.

Quer receber a Carteira em seu e-mail?

Para receber a carteira semanal e outras carteiras recomendadas em primeira mão, abra sua conta na Terra Investimentos sem nenhum custo. Para saber como funciona a Carteira Semanal, aqui neste link tem mais informações. Se tiver alguma dúvida, é só escrever nos comentários. Conte conosco!

#VamosJuntos

Disclaimer

  • Rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros.
  • A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos.
  • O investimento em ações não é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito).


Graduado em Estatística pela Unesp (Universidade Estadual Paulista), Régis Chinchila é Analista de Investimentos da Terra desde 2015, sendo responsável por diversas Carteiras Recomendadas (entre elas, a famosa Carteira Semanal de Ações). Atua no mercado financeiro desde 2001 com experiência profissional em consultorias financeiras e corretoras de valores. Possui certificação CNPI desde 2005 pela APIMEC/CVM.

Comentários

Posts Relacionados

Terra Investimentos

Sobre a Terra Investimentos

Com duas décadas de história, a Terra Investimentos conquistou a liderança no mercado agro e expandiu sua atuação no mercado financeiro e de capitais.

Atuamos na intermediação, negociação, originação e distribuição de produtos de renda fixa, renda variável, títulos públicos e privados, fundos de investimentos, derivativos, serviços fiduciários, assessoria de investimento, câmbio, seguros e previdência, HFT (High Frequency Trading), entre outros voltados a pessoas físicas e clientes institucionais.