Blog

Blog >> Em cenário de baixa, carteira semanal faz uma substituição

Em cenário de baixa, carteira semanal faz uma substituição

Ibovespa segue bastante volátil voltando a operar abaixo dos 100 mil pontos, com investidores diminuindo posições em mercado de risco de olho no cenário internacional de combate à inflação e política contracionista de olho nos sinais a frente sobre Recessão. No Brasil, destaque para ruídos políticos no MEC e Caixa, mas o grande ponto de atenção tem sido a política fiscal, com Congresso avançando na PEC dos combustíveis e prevendo maior Auxílio Brasil, ajuda a caminhoneiros e taxistas, além do Vale Gás, estes gastos reforçam o temor de uma política mais populista visando as eleições 22.

Cenário brasileiro

No cenário interno, a agenda da semana ficou marcada pela divulgação do IGP-M, dados do mercado de trabalho com criação de vagas no CAGED e taxa de desemprego PNAD. Na política o Congresso tenta dar andamento a votação da PEC dos combustíveis, enquanto o governo Bolsonaro enfrentou crise na Caixa Econômica com troca do presidente e monitora a possibilidade da criação de uma CPI do MEC.

Cenário internacional

No cenário externo os investidores estão atentos aos sinais de reabertura da China das restrições ao combate da Covid, nos EUA de olho nos dados que mostrem desaceleração da atividade como o PIB do 1º trimestre e na Europa reuniões de líderes do G7, além do Fórum do BCE. Com discussões sobre estabelecer um teto de preço no Petróleo Russo, desbloqueio do escoamento da produção agrícola da Ucrânia, Já Christine Lagarde e Jerome Powell voltaram a falar sobre a importância do combate a inflação e os desafios das economias desenvolvidas.

Em 12 Meses, a Carteira apresenta uma valorização de 1,54% ante o Ibovespa com baixa de -22,29%.

Confira o que foi Manchete na semana:

– IGP-M varia 0,59% em junho de 2022. Com este resultado o índice acumula alta de 8,16% no ano e de 10,70% em 12 meses.

– Caged: Brasil cria 277 mil empregos formais em maio, muito acima das expectativas. Consenso projetava 192.750 novas vagas CLT no mês passado; apesar do forte resultado, salários continuam recuando devido à inflação;

–  No Relatório Trimestral de Inflação (RTI) o BC atualizou as projeções macroeconômicas reforçando o aumento dos riscos e das pressões inflacionárias. O teor do relatório reforçou as apostas de que a autoridade monetária não conseguirá cumprir as metas de inflação por três anos seguidos.

– Taxa de desemprego cai para 9,8% em maio, menor taxa trimestral desde 2016. Resultado foi muito melhor que o esperado pelo mercado, pois o consenso projetava uma queda de 10,5% para 10,2%;

– PIB dos EUA recua 1,6% no primeiro trimestre. Resultado foi um pouco pior do que aquele previsto por alguns economistas, de 1,5% de recuo.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

informações carteira semanal
Blog Terra Investimentos

Posts Relacionados