Blog

Blog >> ENEF 2021: introdução ao mercado de commodities

ENEF 2021: introdução ao mercado de commodities

Entenda como funciona a dinâmica entre o mercado agro e o mercado financeiro!

Todos sabemos da importância e relevância do mercado agro do Brasil. Somos líderes na produção de várias commodities – como o café – e também na exportação de muitas delas.

Neste sentido, o mercado financeiro exerce papel chave neste setor da economia.

Para ficar mais claro como funciona a engrenagem, vale lembrar que os produtores de commodities estão sujeitos a muitas variáveis (como clima e pragas) que podem podem impactar sua produção. É aí que entra o chamado hedge, mecanismo essencial para proteção contra variações de preços.

Além de estar atento ao clima e às pragas, o trader ou broker de ativo agro (investidor ou corretor) precisa monitorar a produção mundial, o consumo global e o crescimento da economia, bem como acompanhar a produção dos maiores players, o frete marítimo internacional, o fluxo comercial (trade flow) da commodity em questão, entre muitas outras variáveis.

shutterstock_127403000

Mas, afinal, como é possível comprar ou vender um ativo para uma data futura?

É justamente para isto que existe o mercado de futuros agrícolas, um ambiente de Bolsa de Valores onde contratos de compra e venda de um determinado ativo (commodities/mercadorias) são acordados entre duas partes por um determinado preço e em uma data específica, com base em expectativas futuras de oferta e demanda, cenário econômico, entre outros fatores.

shutterstock_1842422164

A B3 tem ativos listados com meses específicos para negociação, facilitando a proteção de preço tanto para compradores quanto para vendedores.

O que isso quer dizer?

Quer dizer que se sou um produtor de café e quero vender o grão que estará disponível apenas em setembro de 2022, posso hoje fazer uma proteção do meu preço futuro.

Para isso, é importante saber que a Bolsa exige um valor de garantia para qualquer ativo. Este valor é um percentual do contrato divulgado diariamente pela B3, de acordo com a volatilidade e cenário de risco do ativo.

Além disso, o mercado futuro ajusta diariamente o seu preço. Ou seja, se eu vendo uma posição de setembro de 2022 a US$ 247 e amanhã o mercado ajusta a US$ 258, terei que depositar um ajuste. Se estivesse na ponta compradora, eu receberia esse ajuste.

Essa regra é fundamental e de vital entendimento ao investidor, pois o não cumprimento desta obrigação implicaria na liquidação de sua posição.

shutterstock_1286147395 (2)Plantação de café no Brasil

Para uma movimentação e volatilidade saudáveis, o papel do especulador é fundamental para o mercado.

Especulador é o investidor que deseja auferir ganhos com flutuações de preços, não se importando com o valor real do produto. Ele é importante para trazer liquidez para o mercado futuro, ajudando, de forma indireta, aos participantes do mercado.

Nós, da Terra Investimentos, temos DNA agro, nascemos dessa fonte. Temos uma mesa especializada em cada um dos ativos negociados na B3, mas também atuamos no mercado internacional nas bolsas de NY, Chicago e Londres.

Para esclarecer mais sobre o assunto a novos investidores e interessados no assunto, preparamos uma coleção de e-books gratuitos sobre Café, Soja, Milho, Boi e Etanol que explicam sobre cada uma dessas commodities registradas na B3. Aqui neste link, você pode baixá-los gratuitamente.

Ebooks agro

Em caso de dúvidas sobre o mercado Agro, conte conosco! Basta entrar em contato pelo telefone (11) 3165.6000 ou pelo e-mail: agro@terrainvestimentos.com.br  

Sobre o ENEF  

Este blog post faz parte das ações da Terra Investimentos na 8ª Semana Nacional de Educação Financeira (Semana ENEF), um dos principais eventos nacionais sobre o tema que visa promover a inclusão social, a melhoria da vida do cidadão e a estabilidade do sistema financeiro no Brasil.

Realizada desde 2014, a iniciativa é realizada pelo Fórum Brasileiro de Educação Financeira (FBEF), composto pelo Banco Central, CVM, Ministério da Economia, Ministério da Educação, além de órgãos como Susep, SPrev,  Previc, entre outros. 

Acompanhe as novidades aqui no blog e participe de nossas lives do ENEF em nosso canal do Youtube!

#VamosJuntos


Fabiana Traina_Mesa AgroFabiana Amaro é especialista em commodities da Terra Investimentos com vasta experiência no mercado Agro. Com 15 anos de mercado, atuou na indústria de açúcar e etanol, consultoria em gestão de risco e em corretoras de valores (Mesas Café, Açúcar e Etanol). É formada em Administração de Empresas com Ênfase em Comércio Exterior.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

Blog Terra Investimentos

Posts Relacionados

Como operar milho na Bolsa

Por ser a commodity com maior liquidez na B3, o milho atrai quem deseja lucrar no curto prazo. Saiba como operar contratos de milho.