Blog

Blog >> 3ª Semana da Investidora promove importância da liberdade financeira na vida da mulher

3ª Semana da Investidora promove importância da liberdade financeira na vida da mulher

Renomadas profissionais do mercado compartilharão suas experiências durante evento 100% online e gratuito que começa em 8/3.

Estudar, planejar, começar a investir e investir bem são os pilares para alcançar a liberdade financeira e realizar sonhos. Como trilhar esse caminho de sucesso é o segredo que as convidadas especiais da terceira edição da Semana da Investidora irão revelar – confira os nomes e a programação completa abaixo.

O evento, que é 100% online e gratuito, é uma realização da Terra Investimentos, uma das principais casas de investimentos independentes do Brasil e uma das líderes no segmento agro, e está programado para acontecer nos dias 8, 9 e 10 de março, a partir das 20h, com transmissão pelo canal Terra Investimentos no Youtube.

É possível fazer a inscrição no evento neste link:

Quero participar!

Além de oferecer informações e materiais exclusivos em primeira mão, os cadastros também contemplam certificado e e-book pós-evento. Além disto, quem se inscrever e abrir uma conta na Terra Investimentos, receberá como bônus extra mentoria de uma das assessoras de investimentos da Casa – tudo isso gratuitamente!

“Queremos inspirar e ajudar as mulheres na jornada rumo à liberdade financeira. Estudar, avançar na carreira e aprender a investir são passos importantes para conquistarmos independência e transformarmos vidas e destinos”, declara Aleksandra Zakartchouk, Especialista de Comunicação e Conteúdo da Terra Investimentos, organizadora e moderadora do evento.

Mulher na Bolsa

Embora as mulheres representem 51,1% da população brasileira segundo o IBGE, elas ainda são minoria na Bolsa.

“Segundo a pesquisa que a B3 acabou de divulgar, apesar da chegada de novas investidoras, a participação feminina segue estável ao longo dos anos, respondendo por 24% do total de investidores”, comenta Ana Paula Souza Tralback, Head de Estratégias Educacionais da Terra Investimentos.

“Precisamos desmistificar essa história de que investir é coisa de homem. A Bolsa é lugar de mulher, sim! Inspirem-se nessas mulheres que investem e fazem acontecer. Ocupem os seus lugares”, recomenda Ana Paula.

Confira a programação da 3ª Semana da Investidora!

  • 8/3

Mulheres que inspiram
Como investem as mulheres de sucesso

 


Na live de abertura, a executiva Lucy Pamboukdjian compartilhará sua experiência como diretora da área internacional da Bolsa no Brasil e, depois, da Bolsa do Chile.

“Comecei a investir no Tesouro Direto em 2003 impulsionada pela minha pesquisa de mestrado sobre dívida pública. Por isso, posso afirmar que a sabedoria é a porta de entrada para o mercado de investimentos. Então, estude antes de investir. Assegure-se do que está fazendo. Some uma reserva. Planeje. Comece com renda fixa. Aposte na previdência. E vai diversificando a carteira”, recomenda.

  • 9/3

Mulheres que investem
O investimento potencializa a força da mulher

 

Gabriela Dayan, gerente de marketing da B3, e Ana Carolina Velloso Goulart, que atua na Superintendência de Proteção e Orientação ao Investidor da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), revelarão números, dados e insights sobre quem são essas investidoras e quais são seus comportamentos na hora de investir.

Lygia Pimentel, CEO da AgriFatto, a empresária Giovana Della Pasqua e Bianca Moura, especialista da Mesa Agro da Terra Investimentos, completam a mesa.

“Apesar de ainda sermos poucas, nosso perfil de investimento mudou nesses últimos anos. Estamos diversificando mais. E isso revela o quanto somos corajosas. Mas é preciso ir além para conseguirmos mexer os ponteiros e virar o jogo”, alerta Dayan.

Para Bianca, na hora de diversificar a carteira, investimentos ligados ao agronegócio devem estar no radar.

Lygia Pimentel chancela a recomendação da colega e satiriza: “mesmo em tempos de Mad Max – fazendo referência ao ápice da pandemia – o agro manteve-se em alta e deve ser uma aposta para as investidoras.”
“Nós precisamos nos empoderar para grandes tomadas de decisão também no agronegócio. Somos capazes e devemos nos preparar para dominar esse universo.”

Grandes tomadas de decisão também marcaram a vida de Ana Carolina, que precisou assumir as rédeas financeiras da família, quando o marido perdeu o emprego e ela tinha acabado de se tornar mãe:

“Comecei a investir sem nenhuma informação, o que me custou perdas bastante significativas tanto financeiramente quanto emocionalmente. Traumatizada, deixei de investir em renda variável durante dez anos. Nesse período, aprendi a controlar o fator emocional, fui estudar sobre o mercado e voltei a investir em ações mais segura e empoderada”, conta.

“Investir requer persistência e resiliência, características tipicamente femininas. Temos que nos aproveitar dessa vantagem e trazer o mercado financeiro para o nosso dia a dia”, afirma a empresária Giovana Della Pasqua.

  • 10/3

Mulheres que fazem acontecer
Liberdade financeira: como chegar lá?

 

No último dia do evento, Eliz Sapucaia e Heloïse Sanchez, ambas Analistas de Investimentos da Terra; Fabiana Amaro, Gerente Operacional Agro da Terra Investimentos, e Roberta Antunes, Sócia e Chief of Growth do Fundo Hashdex, falarão sobre as oportunidades em renda fixa, renda variável, agro e criptomoeda.

Assim como Bianca Moura e Lygia Pimentel, Fabiana Amaro também acredita no potencial do agronegócio, mas aconselha entender sobre mercado e o ativo antes de começar a investir.

Outra grande defensora das mulheres no papel de tomadora das rédeas das suas finanças, Roberta Antunes destaca o potencial das criptomoedas na hora de diversificar. “Aqui, a recomendação é investir de 1% a 5% do patrimônio, pensando lá na frente, só daqui há três ou cinco anos”, pondera.

5 dicas para quem deseja começar a investir 

Heloïse Sanchez dá algumas dicas para encorajar as mulheres entrarem de vez no mercado de capitais:

  1. Comece o quanto antes. Mesmo estudando surgirão dúvidas e angústias – não desista, dê o primeiro passo!
  2. Busque a orientação de assessoras de investimentos para identificar o seu perfil e orientar sobre as operações.
  3. Inicialmente, invista em uma única ação de uma única empresa.
  4. Familiarize-se com o funcionamento do mercado financeiro D+2 e com o layout da corretora.
  5. Só depois de estar ambientada, faça novos aportes, em novas ações, em novas empresas, sempre dentro de um número que seja possível controlar e acompanhar.

mulher sorridente no notbook

“Ser ambiciosa é uma qualidade que deve ser valorizada nas mulheres. Sim, nós falamos de negócios, fazemos negócios, fazemos investimentos e gostamos muito de dinheiro”, conclui Eliz Sapucaia, analista de investimentos que também é especialista em psicologia econômica e finanças comportamentais.

mulher no topo da montanhaBônus para as inscritas!

Inscrevendo-se na 3a Semana da Investidora, você receberá:

1) Informações & materiais exclusivos do evento.

2) Certificado de Participação da 3a Semana da Investidora para você divulgar em suas redes sociais.

3) E-book pós-evento.

E tem bônus extra para quem abrir sua conta 100% gratuita na Terra Investimentos:

4) Mentoria gratuita com uma assessora de investimentos da Terra para você esclarecer todas as suas dúvidas!

mulher sorridente

Invista em você! Participe!

Venha interagir conosco nestas lives enriquecedoras. Juntas aprenderemos MUITO uma com as outras! Inscreva-se para ter acesso a todos os conteúdos exclusivos. Vai ser incrível!

{{cta(‘9076b97e-1a57-4858-aa08-d7138ed61e05′,’justifycenter’)}}

#VamosJuntas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

Blog Terra Investimentos

Posts Relacionados