Blog

Blog >> CDB ou Tesouro Selic: qual o melhor investimento?

CDB ou Tesouro Selic: qual o melhor investimento?

Como escolher entre CDB ou Tesouro Selic? A seguir, entenda as diferenças

CDB ou Tesouro Selic? Essa dúvida é uma das mais comuns entres os investidores de renda fixa.  

As duas aplicações são populares e apresentam baixo risco. De olho nisso, elaboramos um artigo esclarecendo os principais pontos de convergência e de divergência entre esses dois tipos de investimento. Portanto, se você está em dúvida entre investir no CDB ou Tesouro Selic, acompanhe nosso guia e tire todas as suas dúvidas.  

Boa leitura! 

CDB ou Tesouro Selic: o que é melhor?

Antes de descobrir se o melhor investimento é CDB ou Tesouro Direto Selic, é preciso entender, detalhadamente, cada um desses termos.

O que é um CDB?

Em primeiro lugar, vamos ao entendimento do CDB, sigla que resume o Certificado de Depósito Bancário. 

Trata-se de um título público de renda fixa, emitido por instituições financeiras, com o objetivo de captar recursos. Como o Brasil dispõe de grandes e sérias instituições financeiras, esse título oferece um baixíssimo risco para seus investidores. 

A rentabilidade de um CDB é variável: pode ser tanto pré-fixada quanto pósfixada, ou ainda mista. Em outras palavras, ela rende, respectivamente, de acordo com uma taxa fixa, um índice ou a junção dos dois. 

O que é Tesouro Selic?

Continuando nossa diferenciação entre CDB ou Tesouro Selic, é hora de falar sobre o segundo. Trata-se de um título público que pode ser negociado na plataforma do Tesouro Direto, um programa criado pelo governo federal para democratizar o acesso de investidores aos títulos. 

Os títulos públicos são uma maneira de o governo se financiar, já que deste modo, consegue captar receita para os seus projetos e seus empreendimentos. 

Uma semelhança entre CDB e Tesouro Selic é que ambos podem ter um rendimento fixo, indexado a um índice ou misto. Em síntese, essa opção é considerada o ativo mais seguro do país, já que o governo apresenta uma gigantesca capacidade de cobrar tributos ou emitir moeda.  

cdb-tesourodireto-blog-terrainvestimentos

E agora? Qual deles escolher?

É chegada a hora de comparar os títulos para que você descubra qual é o melhor tipo de investimento: CDB ou Tesouro Direto Selic. É preciso levar em consideração que o CDB rende 100% do CDI. 

Existem CDBs com rentabilidades variadas, o que poderia dificultar um efeito comparativo, mas em geral, os mais comuns são os que rendem 100% do CDI. 

Existem alguns fatores que podemos utilizar para fazer a comparação para que você descubra se deve optar por CDB ou Tesouro Direto Selic. São eles: 

  • Risco; 
  • Rentabilidade; 
  • Liquidez; 
  • Investimento mínimo.

Avaliando os riscos

Comparando os riscos do CDB ou Tesouro Selic, vemos que ambos são títulos de renda fixa. Isso significa que os dois correm o mesmo risco de crédito – ou seja, o risco de o emissor não devolver o rendimento ao investidor no vencimento. 

Conforme já mencionado, emprestar dinheiro para o governo é uma ação muito mais segura e eficaz do que fazer um empréstimo a um banco. Embora cada situação precise ser individualmente mensurada, existem algumas instituições financeiras sólidas no Brasil, que oferecem CDBs com baixo risco. 

cdb-tesourodireto-blog-terrainvestimentos-1

E quanto à liquidez?

Em resumo, a liquidez é a praticidade e a velocidade com que um investidor pode transformar um ativo em dinheiro, sem o risco de perda de valor. Tanto em títulos públicos como em CDBs, quando se resgata o papel antes do vencimento, o título é devolvido com o valor em negociação no mercado. 

Em outras palavras, você corre risco de risco de sofrer com prejuízos em ambas as situações. Mas é preciso salientar que títulos públicos podem garantir o resgate do dinheiro no momento que você optar, desde que se siga o protocolo de fazer a solicitação em dias úteis, respeitando o horário de atendimento, das 9h30 às 18h. 

Continuando o comparativo entre CDB ou Tesouro Direto Selic, no primeiro caso, a liquidez varia de título para título. Isso significa que alguns poderão ser resgatados apenas no vencimento, enquanto outros podem ter o resgate efetuado no mesmo dia – que são os CDBs com liquidez diária, superior à de um título público. Não se esqueça de verificar qual é a liquidez do seu CDB antes de efetuar a sua compra. 

Investimento mínimo

O Tesouro Direto apresenta uma regra que estipula que o valor mínimo a ser investido na compra de um título é 1% de seu valor total. Como no caso do Tesouro Selic o valor médio é de R$ 10 mil, é possível adquirir um título a partir de R$ 100. 

Já com relação aos CDBs, o investimento mínimo precisa ser feito de acordo com a regra de cada título. No entanto, existem ainda CDBs que não estipulam um valor mínimo para investimento. 

É por esta razão que os CDBs com rendimento de 100% do CDI tendem a ser as melhores alternativas para os investidores iniciante.

cdb-tesourodireto-blog-terrainvestimentos-2

Rentabilidade

Esse é o ponto mais complexo de compreender as diferenças entre CDB ou Tesouro Direto Selic. Vamos considerar, em primeiro lugar, um CDB que rende 100% do CDI, o que significa que esse título rende 100% da taxa DI. Essa taxa, por sua vez, costuma render 0,1 p.p. abaixo da taxa Selic Meta, que é determinada pelo Copom. 

Por outro ângulo, o Tesouro Selic tem uma rentabilidade associada à taxa Selic Over, que é negociada no mercado. Essa taxa também rende cerca de 0,1 p.p. abaixo da taxa Selic Meta. 

Assim, concluímos que os dois títulos apresentam um rendimento igual se considerarmos somente a tributação. Isso não significa, contudo, que os dois entregam a mesma quantia devolutiva no recolhimento. Isso se dá em razão de, nos títulos públicos, ser necessário pagar uma taxa para a B3, pela custódia dos ativos. 

A cada seis meses, a B3 cobra um valor equivalente a 0,25% ao ano, mas somente de investidores que apresentem uma quantia superior a R$ 10 mil. 

A conclusão: entre CDB ou Tesouro Direto Selic, a primeira opção apresenta um retorno maior a longo prazo, com menos risco do que os títulos públicos. Isso, todavia, não desmerece o Tesouro Selic, que também é uma excelente alternativa de aplicação. Conheça mais sobre ela clicando aqui.

Ficou com alguma dúvida?

Não se preocupe! Você pode contar gratuitamente com nossa ajuda para esclarecer todas suas dúvidas sobre investimentos. Preencha o formulário abaixo para que um especialista entre em contato com você em breve!  



#VamosJuntos

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

Blog Terra Investimentos

Posts Relacionados