Devido ao cenário de deterioração fiscal, investidor deve  ficar atento a oportunidades para aplicar em ativos atrelados à inflação para aumentar poder de compra.

A Bolsa de Valores brasileira saiu de 97 mil pontos para os 107 mil, mas o cenário doméstico continua muito perigoso. A injeção de liquidez no mercado gerou uma euforia que pode omitir a realidade do cenário macroeconômico brasileiro.

Um ponto preocupante que ajuda este aumento do déficit público é a necessidade do governo ter que emitir títulos com cupons maiores, pois esta é a exigência do investidor para adquirir os títulos brasileiros.

Em caso de venda das reservas internacionais, o problema poderá ser sanado no curto prazo, mas não terá efeito no médio e longo por não ter resolvido o problema em sua raiz, que é o corte de gastos.

O cenário para 2021 prevê alta de PIB, mas para dimensionar o quanto, dependerá das medidas que o governo tomará para combater o grande risco fiscal no qual o país se encontra e aumenta constantemente.

Se seguir o cenário atual, creio que o crescimento do PIB será em torno de 2,3% no próximo ano. Caso o governo aprove as reformas que estão no Congresso e realize as privatizações pretendidas, pode, sim, ter um PIB entre 3,5% e 4%.

Portanto, devido ao cenário de deterioração fiscal, reitero a aplicação em ativos atrelados à inflação para aumentar o poder de compra. Para isto, como exemplo, existem CDBs que garantem remuneração além da inflação.

Conforme nossas projeções, a expectativa de inflação para o final de 2021 está em torno de 3,3% e Selic em 2,75%. Porém, conforme a Circular 2905 de 30 de junho de 1999, existe uma carência mínima de um ano neste ativo.

Para saber mais sobre produtos de investimento que remuneram além da inflação, abra sua conta na Terra Investimentos e conte a assessoria de nossos especialistas para você investir com assertividade. 

Comece o dia com "Visão do Estrategista" 

De segunda a sexta às 9h, acompanhe meu programa "Visão do Estrategista" no canal Terra Investimentos no Youtube. Fique por dentro de tudo de mais importante que você precisa saber sobre economia, empresas e produtos.  

#VamosJuntos



Marco Aurélio Harbich Sampaio é estrategista da Terra Investimentos. Com 20 anos de mercado, atuou em bancos nacionais, internacionais e gestoras como investment advisor para clientes private. É credenciado na CVM como Consultor de Valores Mobiliários e possui a certificação CFP® (Certified in Financial Planning). É também membro associado da Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros) e FPA (Financial Planning Association).

É formado em administração, com MBA em Finanças na FGV e mestrado em administração (foco em Finanças) pela Unialfa. É professor de cursos voltados para a área financeira (pós-graduação) em instituições como Mackenzie e FK Partners.

Comentários

Posts Relacionados

Renda Fixa

O que são CRIs e CRAs?

Conheça as características e vantagens destes investimentos de renda fixa que contam com isenção de imposto de renda para pessoa física.

Por Terra Investimentos - 25/11/2020
Terra Investimentos

Sobre a Terra Investimentos

Com duas décadas de história, a Terra Investimentos conquistou a liderança no mercado agro e expandiu sua atuação no mercado financeiro e de capitais.

Atuamos na intermediação, negociação, originação e distribuição de produtos de renda fixa, renda variável, títulos públicos e privados, fundos de investimentos, derivativos, serviços fiduciários, assessoria de investimento, câmbio, seguros e previdência, HFT (High Frequency Trading), entre outros voltados a pessoas físicas e clientes institucionais.