Blog

Blog >> Perguntas frequentes sobre CDB: tire suas dúvidas agora mesmo!

Perguntas frequentes sobre CDB: tire suas dúvidas agora mesmo!

Se você tem dúvidas, que tal conferir agora as perguntas mais frequentes sobre CDB? Continue a leitura e saiba tudo o que precisa para começar a investir agora mesmo!

Algumas das perguntas frequentes sobre CDB:

Afinal, o que é um CDB?

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título emitido por bancos para captação de recursos junto a seus clientes. Em outras palavras, quem adquire um CDB “empresta” dinheiro ao banco e recebe uma remuneração pelo período em que os recursos ficaram aplicados. Simples assim!

Quanto rende um CDB?

A taxa de um CDB pode ser prefixada, pós-fixada ou mista (parte pré e parte pós fixada).

A remuneração prefixada é a mais fácil de entender, pois é expressa diretamente. Por exemplo, se você adquire um CDB que paga 11% ao ano, sabe que esse percentual será exatamente o seu rendimento, descontado o Imposto de Renda sobre o ganho.

Já o CDB pós-fixado é atrelado a uma taxa (normalmente o CDI). Dessa forma, você só saberá quanto efetivamente irá ganhar ao término do prazo do investimento.

Por fim, há CDBs que acompanham uma taxa ou índice e, simultaneamente, têm parte da remuneração fixa. Um exemplo é o CDB atrelado ao IPCA, índice que mede a inflação oficial do Brasil. Inclusive, essa é uma boa alternativa de investimento em períodos inflacionários.

Para quem o CDB é indicado?

Para todos os públicos, literalmente. O CDB é uma das aplicações mais utilizadas para formar a reserva de emergência, pois a maioria possui liquidez imediata. Ou seja, você solicita o resgate e, logo em seguida, o dinheiro já está na sua conta.

Em relação à liquidez, existem algumas exceções, conforme veremos na sequência.

CDB é seguro?

O CDB está entre as aplicações mais seguras do mercado. Assim como a maioria dos títulos de renda fixa, o CDB conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Isso significa que, no caso de falência do banco, o FGC ressarce até R$ 250 mil por instituição financeira, até o limite de R$ 1 milhão por CPF.

Qual a diferença entre CDB e fundo de investimento?

O CDB é um título emitido por um banco, que possui a garantia do FGC no caso de falência da instituição financeira. Já um fundo de investimento é uma reunião de recursos de investidores. Esses recursos são administrados por um gestor, responsável pela alocação do investimento.

Basicamente, um fundo é uma “cesta de investimentos”. Nesse sentido, o gestor adquire ativos financeiros para formar o patrimônio do fundo, divide esse patrimônio em cotas e vende essas cotas a investidores.

Ao contrário do CDB, em um fundo de investimento você encontra não somente um, mas diversos títulos. Outra diferença é que os fundos não contam com a proteção do FGC.

Posso resgatar um CDB antes do prazo?

Como vimos, a maioria dos CDBs possui liquidez imediata. Isso significa que você pode resgatar o investimento em qualquer momento que desejar.

No entanto, alguns CDBs não oferecem a possibilidade de resgate antecipado. Nesses casos, para ter o dinheiro antes do vencimento, será preciso recorrer ao mercado secundário, que é o ambiente onde investidores negociam diretamente entre si.

Normalmente, a taxa oferecida por um CDB com carência costuma ser bastante atrativa, justamente para servir de estímulo ao investidor.

O que acontece no vencimento do CDB?

No vencimento do CDB, os recursos são creditados na conta do investidor. O valor do crédito já vem deduzido do respectivo Imposto de Renda.

Se você quiser saber mais sobre CDB, dê uma olhada também nos conteúdos abaixo!

Tem alguma dúvida? 

Na Terra Investimentos, o atendimento é próximo e personalizado. Para saber mais sobre as vantagens de investir conosco, preencha o formulário a seguir:


 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

Dinheiro investido em CDB rendendo juros.
Blog Terra Investimentos

Posts Relacionados